Hoje em dia, está muito em pauta a preocupação com a sustentabilidade e os impactos que a nossa vida cotidiana geram para a natureza. A construção civil é uma das atividades humanas que mais geram resíduos depositados no meio ambiente. Sendo assim, algumas técnicas de construções sustentáveis têm sido exploradas a fim de minimizar esses impactos.

A construção civil, além de tudo, também é um dos ramos que mais extraem recursos naturais no planeta. Continue aqui e conheça um pouco mais sobre construções sustentáveis, bem como formas para replicar essa modalidade no segmento!

O que são construções sustentáveis?

O conceito de construção sustentável vem dominando muito a área da construção civil e se trata de uma série de medidas adotadas ao longo de toda a obra, visando trazer mais sustentabilidade para a edificação.

Quando se adota algumas dessas medidas, se torna possível minimizar os impactos negativos sobre o meio ambiente. Também se promove a economia do uso de recursos naturais, bem como aumenta a qualidade de vida dos futuros moradores.

Como aplicar essa técnica?

A construção sustentável leva em conta todos os passos de uma obra, desde a concepção do projeto e a pré-construção até a execução e finalização da edificação. Devem ser analisados aspectos do ciclo de vida do empreendimento e dos materiais que serão utilizados em cada um das etapas da construção.

Deve-se ter cuidado na geração de resíduos e minimização do uso de matérias-primas. Para isso, é necessário focar em materiais reaproveitados ao longo da execução da obra e durante o tempo de vida útil da construção, a fim de manter a sustentabilidade da mesma.

Quais as formas de aplicar a construção sustentável?

1. Redução de resíduos

Um importante aspecto a ser explorado para se ter uma obra sustentável é o enfoque na redução de resíduos da construção. Esse passo começa com a organização do canteiro de obras. É essencial que todos os materiais fiquem dispostos de forma organizada para evitar o desperdício dos mesmos.

2. Uso consciente de matéria-prima

Também é muito importante apostar no uso consciente dos materiais. Você pode começar optando por comprar itens que estão disponíveis no local da construção, que têm menos chance de serem processados e têm grande potencial para reciclagem.

Evite muitos materiais químicos que prejudiquem o meio ambiente, bem como a saúde dos futuros moradores. Como uma obra tem uma grande variedade de tipos de itens construtivos, é essencial que você disponha dos resíduos de forma correta, separando com cuidado aquilo que pode ser reciclado e reaproveitado.

3. Corte prévio dos revestimentos

Uma forma de minimizar bastante a geração de desperdícios é optando por utilizar materiais previamente cortados. Sendo assim, tente já trazer para a obra todos os revestimentos já com o corte realizado, podendo ser os rodapés, bordas de piso, bancadas e até mesmo as próprias placas de cerâmica.

4. Uso de materiais ecoeficientes

Por fim, um dos mais importantes meios de se ter uma construção sustentável está no uso de materiais ecoeficientes, que trazem consigo o objetivo de realmente reduzir os impactos causados no meio ambiente pela construção civil.

O mercado tem alguns itens disponíveis, como a madeira plástica, que é muito parecida com a madeira tradicional e é produzida com material reciclado. Ela pode ser usada como revestimento e reduz o desmatamento de árvores para serem usadas na construção.

Existe, também, o concreto reciclado, que é feito com entulhos das obras. O material tem as mesmas propriedades físicas do concreto convencional e usa de telhas, tijolos e outros materiais da obra pra sua produção.

Agora que você viu um pouco sobre como funciona uma construção sustentável, ficou mais fácil optar por essa modalidade da construção para tentar minimizar ao máximo a geração de resíduos e proteger os nossos recursos naturais.

E então? Gostou de aprender um pouco mais sobre construções sustentáveis? Ficou interessando em ver mais conteúdos como esse? Sendo assim, assine nossa newsletter e continue nos acompanhando!

Escreva um comentário

Share This